BULLYING - ALERTA: para pais,responsaveis e educadores.

Eu li no G1 Noticias que o Estado de Santa Catarina iniciou uma campanha para freiar esse agressivo comportamento em seus estabelecimentos educacionais.A campanha se chama:"Bullying,isso nao e brincadeira".
Essa campanha deveria ser adotada em todo Territorio Nacional atraves das Secretarias de Educacao de cada Estado.E importante que pais e educadores em geral,percebam quem sao os agredidos e os agressores para que se realize um trabalho psicologico adequado.Comportamentos desse tipo evidenciam desajustes de quem agride sem ser provocado,agindo assim tao somente porque o alvo da agressao,seja ela fisica ou emocional,tem algo diferente do comum: um comportamento mais reservado,mais inteligente,mais calado e assim por diante.Isso sempre houve nas escolas,nao e um fato novo,mas de um tempo para ca mostrou estar mais perigoso e muitas das ameacas se tornaram concretas,chegando as vias de fato.Temos visto varios jovens, e ate criancas em idade tenra,serem alvos de atentados contra a sua integridade fisica.Quanto aos atos contra seu estado emocional ou psicologico,tambem tem se mostrado danosos,prejudicando o rendimento escolar e muitas vezes fazendo com que o aluno desista de frequentar a escola.E uma tortura insidiosa e malefica,que pode deixar sequelas nas vitimas indefesas.
Me interessei pela materia do G1Noticias porque minha neta,a Leticia, foi obrigada a mudar de escola com apenas algumas semanas de aula.Minha filha e meu genro esperaram por quase tres meses uma vaga numa otima escola modelo Municipal de Sao Paulo,por causa do elevado nivel de ensino.Mas nao foi possivel manter a Leticia nessa escola.Depois de tanta espera por uma vaga eles lamentaram o ocorrido.O ataque partiu de uma menina que a agredia e telefonava fazendo ameacas absurdas e pesadas demais para que uma crianca de 12 anos pudesse suportar.Logo a pequena meliante conseguiu a adesao de mais alguns alunos para perturbar a Leticia,que nao teve outra opcao senao contar aos pais e avos o que vinha sofrendo.
Quando estivemos ha pouco no Brasil,conversamos com os pais e a propria Leticia, e a solucao foi tira-la dessa escola antes que algo de mais grave acontecesse.
Fiquei com o coracao doendo pela nossa pequena,pois e duro ver uma atitude dessas atingir uma menina meiga e doce,que nao gosta de briga,e estudiosa e adora fazer amizades.
Atribuimos esse descalabro a inveja e maldade de tal menina.
Leticia estudava antes na escola do bairro onde mora,onde tem muitos amigos e amigas.No seu aniversario em dezembro,toda a turma da antiga escola compareceu,e foi uma linda festa,com a garotada se divertindo a valer.
Passar por esse pesadelo na nova escola foi um choque terrivel para ela,mas que felizmente chegou ao fim.
Resumo da opera: Leticia esta numa nova escola e vai muito bem,obrigada.Gracas a Deus e a pronta intervencao dos seus pais,o pesadelo acabou,e o que aconteceu antes foi fruto da mente de uma jovenzinha muito desajustada.
A reportagem termina dizendo que para o agressor pode parecer uma brincadeira,mas para a vitima e algo torturante.
Fica aqui esse importante alerta,para quem tem filhos ou parentes frequentando estabelecimentos escolares.
Vamos combater essa feia atitude.

Grande abraco e bom final de semana.