NAO VAI SER A CHINA,FOI SUMARIAMENTE CORTADA...


Ola,pessoal.

Estive um tempo "namorando com a China", mas a paixao foi breve e nao deixou sequelas.Quando fomos a Shen Zhen,achei tudo lindo e maravilhoso,so nao lembrei que nao gosto da pouca liberdade que as pessoas desfrutam em paises comunistas,cruz credo,sai para la.O Renato nunca foi muito a favor de ir morar la,ja teve sua cota de trinta dias seguidos nessas terras,viajando por todos os lugares, e detestando tudo,rsrrs.Nao digo como turistas,pois tambem quero muito conhecer mais desse Pais gigantesco e que nos sufoca com suas tralhas e cotas de porcarias que deixam de funcionar ao segundo toque.Como eu sei disso?Ora,eu tambem ja comprei porcarias chinesas que depois de alguns dias vao direto para o seu destino certo: O LIXO!Ate a India foi invadida,ta tudo dominado,gente.
Mas voltando ao tema principal,creio que passear e uma coisa bem diferente de estabelecer residencia,se fixar,ne? Mas o Re deixou meus devaneios de lado e foi mais pratico,pois nao quer saber de loucuras nessa hora.Ta certo ele,porque eu me deixo levar por qualquer porcelana mais bonitinha....ahan...
Dai eu li um livro otimo,se voces estiverem interessadas leiam tambem,pois adoro sagas que tem muito perrengue mas que a perseverança sempre vence.


Uma saga incrivel dessas duas monjas que fugiram a pe do Tibete para a India,fugindo das marcas que a China deixou em seu Pais,apos a opressao,ocupaçao e dominio total do Tibete.Uma historia(com H) que explica muitas coisas.Leiam,se for possivel,ta?
Mas o que eu nao sabia e que a China usa fezes humanas para fertilizar suas lavouras,eca!Eu ja sou nojentinha por natureza,imagina se vou para la comer coco de chines?! Dai que a coisa desandou de vez.
Ainda bem que so tomei um cafe em Shen-Zhen,senao estaria ate hoje botando os bofes para fora de tanto nojo.Os "intelectuais" de carteirinha devem estar provando dessa iguaria.Mas eles merecem.E ponto final.

                          Beijo grande para todos(as),sem fertilizante chines,rrsrsr.

                                                      Zenaide Storino.